Universidade Positivo abre mais de 180 cursos de Pós-Graduação em 2020

Especialista revela novos perfis dos estudantes

A Universidade Positivo anunciou a abertura de inscrições para os cursos de Pós-Graduação da instituição com início em 2020. São mais de 180 opções de cursos em Curitiba, nas sedes Ecoville, Osório e Santos Andrade. Os três modelos de programas têm carga horária e flexibilidade diferentes, para atender aos diversos perfis de profissionais que necessitam de atualização e aprofundamento em áreas específicas da profissão.

“A pós-graduação está sendo utilizada como uma forma de definir e afunilar a carreira. É essencial para o profissional se aproximar de um mercado que esteja em alta”, afirma David Forli, diretor da Pós-Graduação da Universidade Positivo. Cerca de 30% dos cursos são novos. “Ter novidades é fundamental em um mundo com tantas mudanças na tecnologia e na sociedade, pois nos aproxima das tendências e das demandas do mercado”, enfatiza.

O perfil do aluno de Pós-Graduação também mudou, de acordo com o especialista. Hoje, três tipos de estudantes se destacam nas turmas de Pós: “o recém-formado, que busca especialização em alguma área específica da sua graduação; o profissional na faixa dos 40 anos que decide mudar a carreira; e o profissional que sente necessidade de atualização com as novas tecnologias e segmentos recentes de mercado, como compliance, segurança de dados, construções sustentáveis, mobilidade, energias renováveis, etc.”, revela Forli.

Na área médica, a especialização em Transporte Aeromédico está entre as mais procuradas neste ano. O curso capacita médicos e enfermeiros a realizarem gestão dos serviços de urgências e emergências, prestar assistência direta ao paciente grave no ambiente pré-hospitalar, além de participar de concurso público para área de atuação. Os estudantes podem fazer simulações realísticas nas estações de habilidades de urgência e emergência da Universidade Positivo. As aulas iniciam 3 de abril e acontecem mensalmente, às sextas e sábados, no câmpus Ecoville.

Outro mercado emergente é o de investimentos. O movimento pode ser sentido pela demanda na pós-graduação em Operador de Mercado Financeiro e Trader. De acordo com dados da Bolsa de Valores do Brasil (B3), o Brasil atingiu a marca de 1,4 milhão de investidores na Bolsa em setembro de 2019. O curso capacita qualquer profissional a fazer a gestão de capital próprio ou de terceiros, negociações na Bolsa de Valores, além da análise técnica de ações e contratos. As aulas iniciam no dia 31 de março e acontecem semanalmente, às terças e quartas-feiras, no câmpus Ecoville.

A mudança no perfil do estudante também exigiu adaptação de alguns cursos à nova realidade de quem está buscando especializar-se de maneira mais técnica e tornar-se referência em uma carreira. Por isso, a UP lançou diversos cursos na modalidade Aprofundamento da Área. É o caso de Engenharia DevOps, com início em 6 de abril e aulas semanais às segundas e terças-feiras. O curso prepara profissionais da área para adotarem uma cultura mais aberta, ágil, dinâmica e inovadora. “A transformação digital mudou a forma como as empresas desenvolvem e entregam software, o que exige que equipes adotem práticas ágeis para manter seus processos de desenvolvimento e engenharia de software”, explica Forli.

A grade completa de cursos está no site www.up.edu.br.

 

Sobre a Universidade Positivo

A Universidade Positivo concentra, na Educação Superior, a experiência educacional de mais de quatro décadas do Grupo Positivo. A instituição teve origem em 1988 com as Faculdades Positivo, que, dez anos depois, foram transformadas no Centro Universitário Positivo (UnicenP). Em 2008, foi autorizada pelo Ministério da Educação a ser transformada em Universidade. Atualmente, oferece mais de 60 cursos de Graduação presenciais, quatro cursos de Doutorado, sete cursos de Mestrado, mais de 190 programas de Especialização e MBA, sete cursos de idiomas e dezenas de programas de Extensão. A Universidade Positivo conta com três unidades em Curitiba, uma unidade em Londrina (PR), uma unidade em Joinville (SC), além de polos de Educação a Distância (EAD) em mais de 60 cidades espalhadas pelo Brasil. Em 2019, a Universidade Positivo foi classificada entre as 100 instituições mais bem colocadas no ranking mundial de sustentabilidade da UI GreenMetric.

Câmpus Ecoville da Universidade Positivo
Créditos: divulgação/Universidade Positivo
Facebook Comments