A busca por uma boa noite de sono!

No mundo moderno, onde as pessoas são atormentadas com problemas de insônia, experiência, que deveria ser simples, de pegar no sono e permanecer dormindo tornou- se um luxo. 

Um terço da população mundial experimenta breves períodos de insônia e aproximadamente três noites por semana sem dormir, durante meses a fio. Essa insônia é responsável por uma perda estimada de US$ 63 bilhões em produtividade a cada ano só nos Estados Unidos.

A boa notícia para os que sofrem de privação de sono é que estamos vivendo uma era de ouro dos aparelhos( Médicos e Odontológicos) para dormir. Há uma década, “ajuda para dormir” era sinônimo de pílulas para dormir, mas hoje em dia a medicação representa apenas 65% do mercado, o que, particularmente, me deixa muito animado. Nos últimos três anos, houve uma explosão de outros tipos de produtos projetados para ajudar as pessoas a adormecer mais facilmente e a dormir por mais tempo. Inicialmente, muitas dessas ferramentas para dormir eram dispositivos tecnológicos, aplicativos, luzes e fazedores de ruído, muitos dos quais eu já testei. Mas, recentemente, a tendência mudou para produtos de baixa tecnologia e conhecimentos da medicina e odontologia integrativa. Isto nos mostra cada vez mais que a tecnologia é, quando fazemos uso de forma exagerada, que está nos causando estresse e insônia.

Hoje sabemos como o sono influencia nossa qualidade de vida e uma quantidade crescente de pesquisas sugere que não dormir o suficiente  aumenta o risco de doenças como obesidade e diabetes. A insônia também pode desencadear doenças mentais, incluindo depressão, TDAH, distúrbios de ansiedade e até suicídio. Outro ponto muito importante está relacionado com a doença de Alzheimer, devido à perda de memória e cognição.

Portanto, dormir bem é o melhor remédio que o ser humano pode tomar. Porque será que algumas empresas não tem interesse em divulgar isso?

Quando se deitar, deixe o celular, laptops e tabletes de lado, já que muitas pesquisas concluíram que a luz azul desses e vários outros dispositivos eletrônicos afeta a quantidade e qualidade do sono.

Desligue a televisão, evite ingerir estimulantes próximo à hora de dormir( como café, energéticos ou qualquer bebida rica em cafeína), bem como cigarro ou comer comidas pesadas e indigestas.

Prepare-se para ter uma boa e relaxante noite de sono e sentirá os resultados( literalmente) na pele e no corpo!

Precisamos refletir sobre nossa saúde!

Dr. Arnaldo Jamariqueli – CROSP 86.521

Mestre e Especialista em Odontologia

Habilitado em Odontologia do Sono 

Intégra Odontologia e Saúde

Tel. (19) 3254-0862

Tel. (19) 97102-2209 (WhatsApp)

www.integraodontosaude.com.br

 

 

Facebook Comments

Deixe uma resposta