Juros, um drama Brasileiro

Juros, um drama Brasileiro

Demorou, mas chegou o momento de tratar do assunto sob outra ótica: o país não suporta mais esse patamar de taxas de juros.

Por outro lado, o investidor não quer nem ouvir falar em queda de ganho.

E  o poupador?  Esse sequer considera a condição de perder seus rendimentos.

O barco vive fazendo água por causa do “peso das pedras dos juros”, o mundo segue em frente, ganhando espaço, e o Brasil?

O Brasil vai bem, a questão é até quando?

Há uma corrente de pensadores que ressalta riscos para nossa economia, afinal nada pode ir bem por muito tempo, com tantos problemas, que no fim das contas, se somam  no custo Brasil.

Por que o governo não reduz os gastos? Entre outras coisas, pela mesma razão que muitas empresas: enquanto houver dinheiro para captar, haverá possibilidade de dívidas arrastar!

Ainda que assustador, o fim do crédito tem feito milagres pelo mundo: gestores arrumam a casa, quando dinheiro não há como arrumar. Simples e direto, não?

Dinheiro é recurso escasso para injeção em projetos que gerem benefícios para  a sociedade, não para manutenção da falta de organização e deficiências em gestão.

O cidadão não se dá conta que os juros que recebe por financiar a dívida pública  é retirado dos  investimentos na saúde, segurança, educação, etc.

Quem ganha com juros altos?

Apenas os especuladores e oportunidades.

Quem os cria?

A própria sociedade  que os alimenta com a falta de conhecimento e vício dos ganhos rápidos e fáceis.

Ora, se o Brasil é o país que tem a maior taxa de juros do mundo e não se tornou uma superpotência, não dá para desconfiar que tem alguma coisa errada?

Bons Negócios até a próxima.

Comente com Facebook

Negócios Regionais

NELSON LUIZ MIRANDA ( MTB 58276 ) Jornalista -Web Design e Web Marketing em internet(Google-Cadê-Yahoo) Diretor do Negócios Regionais :Criação de Sites e Loja Virtual www.negociosregionais.com.br www.negociosregionais.net.br

Deixe um comentário

Next Post

Com tantas técnicas de gestão, por que o desperdício nas empresas ainda é tão elevado?

dom nov 16 , 2014
Com tantas técnicas de gestão, por que o desperdício nas empresas ainda é tão elevado? A tecnologia tem colocado à disposição do mercado equipamentos cada vez mais avançados, as matérias-primas melhoraram consideravelmente, as forma de produção mostraram avanços substanciais, mas nem por isso a maioria das empresas chegou perto da […]
home-office-336373_1280

Criação de Sites
Apenas mensalidades já com a hospedagem

home-office-336373_1280

Criação de Sites
Apenas mensalidades já com a hospedagem

previous arrow
next arrow