Férias: ótimo período para recarregar as baterias e economizar energia

Luciano Carstens*

Durante o período de férias escolares, muitas famílias aproveitam para tirar alguns dias de folga e viajar com seus filhos. Ótimo período para recarregar as baterias e, ao mesmo tempo, trocar boas energias, com passeios e diversão. Porém, com os recentes aumentos de preço, este pode ser também um excelente período para economizar energia elétrica residencial e iniciar uma mudança de hábitos.

Com o número cada vez maior de equipamentos eletrônicos nas residências, o consumo de energia nos lares vem crescendo em larga escala e a maioria dos equipamentos que temos em casa consomem energia mesmo quando estão desligados. Ocorre que eles ficam em um estado conhecido por standby ou modo de espera – e esta comodidade tem um preço, pois o consumo de energia elétrica de todos estes equipamentos pode chegar a 12% da conta de luz.

São exemplos de equipamentos consumidores silenciosos de energia: micro-ondas, fornos elétricos, televisores, receptores de tv a cabo, internet, computadores, impressoras, máquinas de lavar, aparelhos de DVD, vídeo games, home theaters, entre outros. Para evitar este consumo de energia, é necessário que os aparelhos sejam desconectados da tomada. Este procedimento, porém, pode fazer que alguns equipamentos percam a programação ou configuração. A grande maioria dos dispositivos eletrônicos possui um display com algum tipo de relógio ou mostrador digital – nestes casos, a reconfiguração é bastante simples. Já para alguns equipamentos eletrônicos, como os televisores, talvez seja necessário executar algum procedimento de reconfiguração, como refazer a busca pelos canais. Mesmo assim, para os equipamentos que porventura possam perder algum tipo de programação, a reconfiguração hoje em dia está cada vez mais simples e rápida.

Outros vilões silenciosos de consumo de energia – e cada vez mais comuns em nosso dia a dia – são os diversos carregadores de bateria dos celulares, tablets e notebooks. Estes acessórios simplesmente consomem energia, mesmo quando não estão efetuando a recarga. Por isso, lembrar de retirar todos estes equipamentos das tomadas antes de viajar pode ajudar muito na redução da conta de luz.

Outra atitude bastante simples e eficaz na redução dos gastos com energia é ajustar a temperatura do refrigerador para a posição inverno ou de mínimo consumo pois, sem a frequente abertura de portas, o compressor do refrigerador trabalha menos, gastando menos energia e, mesmo assim, consegue manter os produtos internos em uma temperatura adequada para a conservação, durante todo o período de viagem.

Muitos dos hábitos de consumo, se revistos, podem ser evitados, mesmo quando as famílias não estão em viagem, auxiliando nos momentos de crise e de alto custo, como os que estamos atravessando atualmente. Esta é uma ação que, se adotada por todos, pode contribuir em muito com a sustentabilidade e eficiência energética, ajudando a poupar recursos naturais e economizando bastante dinheiro. Convém lembrar Antoine Lavoisier: “na natureza nada se cria, nada se perde, tudo se transforma”.

 

* Luciano Carstens é engenheiro eletricista e diretor do Núcleo de Ciências Tecnológicas e Exatas da Universidade Positivo.

Views All Time
Views All Time
755
Views Today
Views Today
1
Facebook Comments

Deixe uma resposta