Por que os meninos NÃO vão ao médico?

O Dia do Homem, 15 de julho, propõe uma reflexão de que o sexo masculino ainda se mantém resistente aos cuidados com a saúde

Você já pensou por que somente as meninas são incentivadas a ir ao médico na adolescência? O corpo de um garoto também se transforma e precisa ser compreendido por ele e analisado por um urologista. A saúde do homem deve ser acompanhada de perto e, na puberdade, os meninos precisam tirar dúvidas e receber orientações de um especialista.

A saúde do homem precisa de atenção, afinal eles vivem, em geral, sete anos a menos que as mulheres, por fatores como a falta de cuidado com corpo. A mudança deve começar com o incentivo às visitas ao médico desde cedo e não só quando quebra o braço jogando futebol. A consulta do garoto adolescente “não é uma terra de ninguém”, mas função de um urologista, profissional que cuida da saúde do homem desde a puberdade até a velhice.

O urologista Ubirajara Ferreira, da Clínica Urohominis, frisa que o atendimento sério e personalizado é importante para que o acompanhamento seja feito no decorrer dos anos e, não somente, após os 40, idade que os pacientes começam a procurar a especialidade. “O convívio iniciado cedo gera estreitamento e até amizade entre médico e paciente. Isso permite confiança no profissional e liberdade para que ele conte o que vem sentindo ou passando”, destaca Ferreira.

A psicóloga da Clínica Urohominis, Ângela Naccarato, que trabalha há mais de 15 anos atendendo homens e tratando os reflexos mentais que as disfunções do aparelho reprodutor masculino provocam, argumenta que os adolescentes e jovens não vão ao médico por vários aspectos. Ela relaciona, entre os motivos, a falta de incentivo e conhecimento dos pais ou pelos homens acharem que as informações que têm são suficientes.

“Tenho pacientes ainda jovens com problemas sexuais porque se frustram ao não atingir a expectativa de modelos difundidos na internet, por exemplo. Ou adultos que chegam com dúvidas que poderiam ter sido solucionadas anos trás”, revela.

A equipe da Clínica Urohominis alerta que, não só no Dia do Homem, mas sempre, deve-se incentivar o homem de qualquer idade a ir ao urologista como forma permanente de prevenir doenças, de conhecer melhor o próprio corpo e prolongar a expectativa de vida.

Sobre a CLÍNICA UROHOMINIS

A Clínica Urohominis, localizada no Guanabara, é um centro de referência em SAÚDE DO HOMEM no tratamento de enfermidades do sistema urinário e do aparelho reprodutor masculino. Conta com um corpo clínico composto por profissionais professores e doutores altamente qualificados que constantemente estão envolvidos em pesquisas e estudos, buscando novos métodos de tratamento e aperfeiçoamento na área.

Views All Time
Views All Time
48
Views Today
Views Today
1
Facebook Comments